Família: Base de tudo !!

ID da vaquinha: 220369
Família: Base de tudo !!
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 4.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Foi aí onde tudo começou, arrumamos as malas na pressa, colocamos tudo no carro, e pé na estrada. As cabeças estão a mil, os pensamentos já pareciam estar mais do que interligados, era uma troca de olhares constante, um cuidando do outro. E então não decidimos avisar ninguém, mas fomos avisados diversas vezes de como, onde, quando e até que ponto foi o infarto que o levou a 3 pontes (veias safena e mamária). Alguém que com seus 15 - 16 anos já escapou de um afogamento pego pelo cabelo por um amigo, agora está se recuperando de uma decisão que só ele podia tomar, fazer ou não a cirurgia, questionar o médico inúmeras vezes (Dr. ? Vai doer?) e aos poucos ele tem se recuperado e começamos a nos questionar, o que aconteceu? Por quê? E então num dia entre as indas e vindas do hospital, o motivo apareceu, algumas contas atrasadas de casa (Luz e Água), e no estabelecimento onde tiram o sustento para sobreviver, mais contas atrasadas, funcionários irresponsáveis, que comem mais do que fornecem, levam mais pra casa do que fazem entrega (esse desabafo é meu sim, porque na cabeça do meu tio ele estava sendo bom, e sim ele sempre foi assim). Carregou a casa nas costas depois que os meus avós faleceram, antes disso nós já havíamos vindo embora para SP, e sempre aos finais de semana a cada 6 meses, o tempo que nos era disponível estávamos por lá e dessa vez não tinha sido diferente. Acabamos de visitá-los (tio e tia) e não demorou muito depois do nosso retorno para casa, voltamos, e dessa vez eu não o vi, as visitas foram restritas a 45 minutos para 2 pessoas, eu voltei ao trabalho, vim para SP e o vi daqui, do celular, numa cama de hospital, sempre sorrindo, brincando que a comida não era das mais preferidas mas que agora ele estava sendo mimado, cuidado e que tinha anjos particulares. Ele vê a vida assim, sempre viu, e eu quando pequena ficava de castigo no quarto, de portas e janela fechadas, e eu sempre saía pela janela no colo do meu tio. Aquela pessoa que tem um orgulho enorme da família, e sempre que me via, ô fia, olha aqui meu celular, meu notebook não tá funcionando (eu trabalho com suporte) e eu sempre brincava: Tio !! Isso vai virar EXTRA !! rs*... e no fim sempre virava mesmo, extra de atenção e cuidado e ele sempre retribuía de alguma forma, do jeitinho dele, atolado de problemas sempre escondido atrás dos sorrisos e das brincadeiras. Mas sempre calado guardando e se sentindo mal... e então o motivo do seu infarto foi esse: Calar-se e tentar se virar sozinho em tudo, para resolver cada uma das suas contas.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021