Alcoólismo: Vamos vencer!

ID da vaquinha: 41963
Alcoólismo: Vamos vencer!
Você não possui corações!
Clique aqui para comprar.
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 1.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Corações Recebidos
  • Mensagens

Thumb campanha eletrc3b4nica drogas e alcoolismo 2015

Ola Pessoal

Estou passando por aqui apenas para falar sobre um assunto que muitas pessoas, tem duvidas, infelizmente a maioria de nós somos leigos no que diz respeito as leis de nosso país e não conhecemos nossos direitos...

A cada dia que passa vem se agravando esta doença tão devastadora que é a dependência química, infelizmente ela atinge todas as classes sociais, mas quando ela atinge familiares que tem menor poder aquisitivo, os familiares entram em desespero, principalmente quando se trata de internar o adicto da família em uma clinica, pois os valores são relativamente altos, tornando praticamente impossível a família conseguir internar o adicto que a esta altura esta totalmente debilitada.

A internação involuntária é dada aos casos onde fica comprovado que o grau de dependência do adicto é tão alto,que ele esteja em surtos, e apresenta perigos contra própria vida, ou seja ele já não é mais capaz de responder pelos seus atos. Venho aqui pedi uma ajuda a você que pode contribuir para a internação de meu pai que vive no mundo do alcoolismo a mais de 35 anos. Pois os custos são altos e eu e meus irmãos não temos como manter esse tratamento dele gostaria de sua ajuda para que possamos conseguir trazer nosso pai de volta a uma vida sadia e feliz ao lado de seus filhos. Agradecemos a todos que nos ajudarem  com um pouco que puder.Obrigado. "Ninguém muda ninguém. Não há mágica na superação dos conflitos. Não se apaga da memória. Ninguém sai do inferno do seus erros se não encontrar a porta do paraíso: a compaixão e a educação só assim brotara o amor."

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.