Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Colabore com o Tratamento da Dayana

ID da vaquinha: 911516
Colabore com o Tratamento da Dayana
URL copiada!
15%
Arrecadado
R$ 2.235,00
de
Meta
R$ 15.000,00
Apoiadores
29
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
*Me chamo Dayana Souza. Tenho 30 anos, sou vendedora.* Sempre fui uma pessoa proativa/muito ativa, do tipo que nunca deixava nada pra amanhã, muito dedicada a tudo e a todos, principalmente, ao trabalho, a casa, as minhas cachorras e ao meu esposo. Infelizmente de uns tempos pra cá, o máximo que posso fazer são pequenas caminhadas. Passo o dia deitada e impossibilitada de mais esforços, pois *em maio de 2019, descobri quatro hérnias, todas na lombar* e, como se já não bastasse, uma delas é extrusa para direita, vazando, justamente, pra cima do nervo ciático. *Minha vida, desde então, se resume em tentativas e buscas constantes por meios de sanar minha dor.* Tenho crises atrás de crises, por isso, meu caso hoje se encaminha pra um caso crônico. Os remédios já não são mais o bastante... até pouco tempo era aonde ainda me apegava, porque até então todas as outras tentativas foram frustradas.  *Atualmente, estou partindo para mais uma tentativa no ITC (Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral)*, mas treze sessões do tratamento custam R$ 1.980,00. Isto é muito caro e esta quantidade de sessões não são o bastante (preciso de, pelo menos, 30 sessões).  *Em nove meses de doença adquirimos uma dívida muito alta*, pois precisei parar de trabalhar. Meu esposo segurou a barra o máximo que pôde, mas foi inevitável correr para empréstimos, e hoje, além de arcar com esses empréstimos, precisamos pagar o plano de saúde, os tratamentos e exames frequentes que o plano ainda não cobre e claro, precisamos nos manter. Tivemos que nos mudar de Itaitinga, onde morávamos em uma casa com preço mais acessível para vir pagar aluguel mais caro em Fortaleza, pois tudo é aqui e também economizávamos tempo, pois meu esposo estava sendo prejudicado no trabalho com tudo isso. Tentamos andar com nossas pernas até aqui, estou até tentando voltar a trabalhar para ajudar nas contas, mas tem dias que não consigo. Recentemente, perdi uma excelente oportunidade em uma empresa reconhecida a nível nacional porque não posso ficar o dia todo sentada em um escritório.  *Com tudo isso só nos resta pedir ajuda,* pois os amigos mais próximos e família já fizeram e estão fazendo o que podem, mas, não está sendo suficiente....😓
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021