Cirurgia e pós cirúrgico da Vivi

ID da vaquinha: 678117
Cirurgia e pós cirúrgico da Vivi
Sarah Helena Bedeschi de Camargo
Mauá / SP
Arrecadado
R$ 5.945,00
Meta
R$ 3.300,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou

Vivi é técnicaeem nutrição e perfumista, a amiga da casa aberta que já deu colo e bolo pra muita gente, narradora de RPG que já narrou pra meia São Paulo e ta desde os anos 90 defendendo que Tremere não é Clã. Ela também é a famosa "essa pica não eh minha" do sistema de saúde. Quadro delicado. Lê até o final pra entender porque precisamos de ajuda:

Lá trás era Lupus + Diabetes. POIS É, sabe aquele negócio que o House diz que nunca é? NA VIVI É. Diabetes desde nova, ativou o Lupus e esse aí adora atacar um rim. Mó tempão na hemodiálise. Dieta pesada, intolerância a lactose, insuficiência renal. Quem se importa com estatísticas? Não o corpo da Vivi, que aguentou todas, fez transplante duplo do rim e do pâncreas. Chupa sociedade, não tem mais diabetes! Transplantado tem imunidade zoada pro resto da vida, mas vamos que vamos, pra quem já aguentou o processo da fila de doação de órgaos o resto ta fácil, certo?

Pois é. Só que ja estava aquele corpinho cheio de remédio anticoagulante por causa da diálise e pra manter os transplantes. Então em 2012 começa a crise das menorragias. Pensa menstruar o Iluminado, muito sangue, meu deus qq ta conte seno.

Ginecologista recomenda uns anticoncepcional, vamo trocando, nada resolve. O médico do transplante reclamando que o sangue ta grosso, falando que é culpa do anticoncepcional apesar desse quadro ser anterior a isso. Os dois empurrando com a barriga assim, ninguém querendo resolver mesmo. Até que SUPRESA, TROMBOSE em 2014 no dia de jogo da copa.

Pra resolver? Taca mais anticoagulante. E o útero da Vivi só ri e jorra sangue. O quadro agora é anemia quase que constante. Pra resolver? TRANSFUSÃO, exceto que transplantado não pode ficar tomando bolsa de sangue, né? Pra resolver, vamos cortar o anticoagulante pra parar com essa festa. 

EXCETO Q

TROMBOSE DE NOVO

Volta pro anticoagulante. Vivi é agora um vampiro flertando com torpor todos os dias, porque o útero dela acha que sangue é totalmente descartável e dá pra ficar jogando fora de zoeira. Já faz mais de 5 anos que tamos assim. Hoje a Vivi vive, trampa e mestra 1426 mesas de RPG, tudo isso sem oxigênio suficiente no cérebro. No último exame o médico falou que não sabia como ela tava acordada.Ta pouco foda ou quer mais?

(Detalhe que a essa altura a Vivi já sabia que tinha tendência ter câncer no útero por causa do HPV e do histórico familiar. E como transplantada, com lupus e síndrome anti-fosfolípide (a verdadeira responsável pelas tromboses), super faria sentido ter tirado ele lá trás pra poupar muito problema, porque ela não queria correr o risco de engravidar com esse quadro de saúde, né? Mas não, vai que um dia ela quer tentar flertar com a morte só pra ter uma criança?! Num pode tirar o útero.)

Enfim, até que FINALMENTE o quadro de anemia severa faz todos os médicos cairem na real q

DEPOIS DE ANOS DESSE EMPURRA EMPURRA

POXA

DAVA PRA OLHAR ESSE ÚTERO 

E VER QQ TA ACONTECENDO

E QUEM SABE RESOLVER DE UMA VEZ, NÉ? 

Vamos ver de fazer ablação… Inutiliza o órgão, mas ao menos ele ainda fica ali pra produzir hormonização. Faz-se o exame e… Puts, ta cheio de nódulo né? Culpa dos remédios todos de anticoagulante. Assim não dá pra fazer a ablação, porque VAI Q um deles vira câncer.

Detalhe que esse seria o procedimento fácil que o SUS cobriria.

Bem... Então vamo tirar ele fora, né? Foda que não dá pra ficar repondo hormônio pro resto da vida, mas dos males o menor. Faz-se os exames e… O órgão transplantado grudou no útero... Nao dá pra tirar mais.

Detalhe que esse seria o OUTRO procedimento fácil que o SUS cobriria.

Vamo fazer o que?

Medico diz... Essa pica não eh minha... Nem na faculdade eu tive prova com uns lance pesado assim. Gineco indica outra gineco especialista no caso.... Ela então ouve tudo e diz: EH..... VOU AÍ NO CANTINHO CHORAR..... Porque o procedimento que ela pensava em fazer coloca a Vivi num risco foda de ter trombose na mesa de cirurgia. Então gineco 2 manda pra um vascular fodão. As amiga, os gato e o marido acompanhando, todo mundo nervoso de ver a miga sendo passada pra outro médico de novo, mas VAI Q.

Vascular ve a treta e pensa: PUTAQUEOPARIU... QUE TRAMPO TENSO.... VAI DAR UMA PUTA TESE DE PÓS-DOC E VOU SAIR NAS REVISTA DE MEDICINA… Basicamente o vascular vai vir com toda expertise dele e uns micro instrumentos e vai costurar vasinho por vasinho de sangue que ta fazendo festa de cuspir sangue fora de hora. Pensa num treco foda! Só que… O vascular não é pelo SUS e a equipe dele não é barata, mesmo ele fazendo preço de custo.

Mas porra que o plano de saúde vai cobrir 70%! Agora só precisamos da sua ajuda para cobrir os 30% que faltam!

E o melhor

TEM SORTEIO DE COISAS LEGAISSSSS porque vai ter SORTEIO com número para cada ajuda a partir de 30 reais (em breve mais informações disso que amigues se organizando nesse sentido.)

 

Tldr - Vivi, a pessoa que já encarou mais tretas médicas do que um estádio cheio, está passabdo por nais uma cirurgia. Precisa ser para ontem, e o plano cobre 70% do valor. Precisamos dos outros 30% e de grana para o monte de remédios e mini tretas do pós cirúrgico. 

 

Denunciar essa vaquinha
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.
Elementos SVG

Curta e compartilhe nossa página no Facebook

Todos os direitos reservados. 2019