Cover img 20190107 040920  01
Thumb download

Vakinha de
Guilherme Linhares Drummond
Rio Branco/AC

Centro Cultural Indígena Kaxinawa- Santa Rosa do Purus

ID da vaquinha: 454476

Copiar url:

Objetivo
R$ 13.450,00
Arrecadado
R$ 3.450,00

Santa Rosa do Purus/AC é um dos municípios de menor IDH do Brasil e conta com +- 72% de indígenas em sua população. Lá nas proximidades do Rio Purus se desenvolve um projeto de fortalecimento e resgate da cultura indígena voltado à juventude do povo Huni Kuin (Kaxinawa). Sob a liderança do indígena Gilberto Naximá, 49 anos, jovens veem a possibilidade de manutenção de sua identidade cultural.

Criada em
23/01/2019
Encerra em
23/06/2019

O grupo liderado por Gilberto Naximá é formado por aproximadamente 50 jovens entre 14 - 20 anos e se reúne semanalmente para participarem de cantorias tradicionais, compartilhamento de histórias e ensinamentos espirituais, uso de medicinas tradicionais e danças.

A importância de fortalecimento desse projeto social se dá pelas dificuldades existentes num município muito afastado de qualquer centro urbano e que não possui projetos sociais. Dentre os principais problemas podemos citar os altos índices de alcoolismo entre indígenas, altos indíces de suicídios entre jovens indígenas (a partir de 2012 houve aumento exponencial) e carências de atividades sociais voltadas aos jovens e população em geral.

LINKS sobre Santa Rosa do Purus/Acre:

SUICÍDIOS EM SANTA ROSA DO PURUS/ AC: https://www.ac24horas.com/2019/01/06/indios-cometem-suicidio-em-santa-rosa-do-purus/

CIDADES MENOS DESENVOLVIDAS DO BRASIL: https://exame.abril.com.br/brasil/as-cidades-menos-desenvolvidas-do-brasil-segundo-a-firjan/

O trabalho desenvolvido por Gilberto Naximá visa o fortalecimento das tradições culturais do seu povo Kaxinawa, por meio das músicas, pinturas, desenhos, ensinamentos, conhecimento das plantas, artesanatos, história e do uso ritualístico de suas medicinas tradicionais (ayahuasca e rapé de tabaco). Gilberto Naximá é um dos mais antigos conhecedores da tradição na região e a principal referência cultural entre os jovens. Seu projeto é custeado por ele próprio e não recebe qualquer ajuda do município ou do Estado.

Essa Vakinha se destina a conseguir fundos $$ para:

a) Reforma e cobertura de palha da tenda Cupishawa (casa onde são realizados os encontros e rituais);

b) Construção de dois banheiros no local dos encontros;

c) Compra de instrumentos musicais (violão e tambor) para as cantorias e desenvolvimento dos jovens;

d) Reforma nos bancos de madeira;

e) Plantio das plantas tradicionais;

O que acha? Vamos ajudar?

Novidades (0)

Quem ajudou (27)

  • Júlia Freire de Medeiros
    em 08 de Maio de 2019

  • Cláudia Marques de Oliveira
    em 17 de Março de 2019

  • Elizabeth Souza Piccirilli
    em 15 de Fevereiro de 2019

  • Baiano
    em 25 de Janeiro de 2019

  • Matheus Valverde
    em 25 de Janeiro de 2019

  • Renato Oliveira
    em 25 de Janeiro de 2019

  • Cinthya Cavalcante
    em 24 de Janeiro de 2019

  • COSMO LIMA DE SOUZA
    em 24 de Janeiro de 2019

Denuncie

É necessário estar identificado para fazer uma denúncia. Registre-se ou faça login.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.