#cadeira pro Klebinho

ID da vaquinha: 141353
#cadeira pro Klebinho
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 8.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Quando estava na barriga de minha mãe Maria, a clavícula e fêmur, estavam fraturados, com diagnóstico de osteogêneses, conhecido como ossos de vidro.

Mediante a situação, comecei a fazer o tratamento no hospital das clinicas e na

AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), para a melhora do meu problema.

Devido o tratamento com medicamentos não obtive resultados, os médicos do hospital das clinicas, decidiram a submeter-me a uma cirurgia a colocação de pinos para que o quadro clinico não se agravasse.

O quadro não estabilizou com as cirurgias, que foram muitas, e engessado por muito tempo, conforme os anos iam se passando, fui amadurecendo os ossos criaram resistência, e começaram a quebrarem menos, mas mesmo assim, precisei fazer outras cirurgias de correção, colocamento de haste (pau ou ferro delgado ou peça análoga de outro material, direito e comprido, em que se fixa ou apoia alguma coisa), depois dessa cirurgia os ossos se firmaram e pararam de quebrar.

Por um certo momento em minha casa tornei dependente das pessoas que estavam em volta de mim, como minha mãe Maria e meu pai Otacílio e irmãos para poder sair aos lugares, com ajuda de uma cadeira de rodas ganhada pela AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente), mediante a minha condição criei agilidade de lidar com a cadeira, e com isso comecei a ter vida social como ir à escola, andar de ônibus e conhecer lugares onde a cadeira de rodas, “roda”.

Por andar a muito tempo com a cadeira de rodas, ouve um desgaste natural, por ser utilizada diariamente fez com que  a cadeira chegasse a um certo estado precário como: eixo gastos, rodas gastas, pés de apoio deteriorado, os acento e encosto não estão de acordo com a minha deficiência.

 As minhas condições de comprar outra cadeira não são favoráveis devido  condição financeira da minha família, pois o que ganhamos é pouco para comprarmos outra cadeira nova.   

Por isso conto com a colaboração e consideração de todos para dar esse presente que vai mudar as condições de saúde e garantir uma vida muito melhor.   

Sou Kleber, 25 anos que descobriu que nada é impossível.

 

   

   

 

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021