Vaquinha / Outros / Dinheiro

Arrecadação de fundos para participar do Quadrienal de Praga 2015 - SapceLab project, Zlomvaz festival performances

ID da vaquinha: 1228
Arrecadação de fundos para participar do Quadrienal de Praga 2015 - SapceLab project, Zlomvaz festival performances
0 coração recebido
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
1%
Arrecadado
R$ 420,00
de
Meta
R$ 30.000,00
Apoiadores
14
Encerrada
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

PROJETO DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE É SELECIONADO PARA O QUADRIENAL DE PRAGA 2015. Com direção e roteiro de Martha Ribeiro, a peça filme/paisagem “Mas afinal, quantos somos nós?” é resultado de um longo processo de pesquisa em Teatro Performativo, feito com alunos e ex-alunos da Universidade Federal Fluminense, atores, performers e artistas independentes. O espetáculo que esteve em cartaz no Teatro Popular Oscar Niemeyer em novembro de 2014, com sucesso de público, volta em nova temporada no Teatro da UFF em maio de 2015. O espetáculo é uma das obras escolhidas pelo prestigiado Quadrienal de Praga para participar do 13º Zlomvaz Festival, na República Tcheca , em junho de 2015 (http://www.pq.cz/en/program/zlomvaz-festival).

Thumb mas afinal  por augusto fontes2RELEASEO espetáculo intensifica o pensamento pirandelliano sob aspectos atuais, como a incomunicabilidade humana, o excesso de informação, e a linha tênue entre ficção e realidade, virtualidade e real. Dois textos curtos de Pirandello, “O homem da flor na boca” e “A saída”, foram os escolhidos para a gestação deste espetáculo, que se estrutura entre quatro paisagens e um intermezzo. As quatro paisagens – Natureza-Morta; Coração na boca quer dançar; Epitáfio de um pedaço de carne; O homem não cabe dentro de um quadrado e um círculo -, tratam de um quadríptico composto por paisagens sobre o humano. Criando fissuras e espaçamentos entre corpos reais e corpos virtuais, entre presença e representação. Proliferando novos fluxos e deslocamentos, com a estratégia de escapar ao sistema representativo. Toda a estrutura da paisagem é um convite para o espectador vivenciar um tempo do olhar.

Thumb mas afinal  por augusto fontes6Neste espetáculo-paisagem buscou-se a metamorfose, muito mais do que a ação narrativa fabulesca. Combinando múltiplas realidades, fluxos de energia, imagens-virtuais com a presença viva dos corpos dos performers e a poesia de Pirandello, cria-se um mundo fantasmático, atravessado por linguagens/teatralidades heterogêneas. Um teatro do movimento. Na tentativa proposital de embaralhamento entre o real e o virtual (corpos reais em cena/imagens projetadas), afirma-se a impossibilidade de separação entre corpo-real e corpo-ficcional, provocando a instabilidade entre essas duas ordens, que na cena entram em colapso. O espetáculo esteve em cartaz no Teatro Popular Oscar Niemeyer em Novembro de 2014.   Thumb 3 divCANAISwww.youtube/pirandelloconuffwww.facebook.com/MasAfinalQuantosSomosNoswww.pirandellocontemporaneo.uff.br https://www.youtube.com/watch?v=z5nQcnxZlbk&feature=autosharehttps://www.youtube.com/watch?v=9YVdKfjavj0http://www.ofluminense.com.br/editorias/cultura-e-lazer/umpirandello-contemporaneohttp://nikitiguia.com/mas-afinal-quantos-somos-nos/EQUIPE

Ficha Técnica Completa

Concepção e roteiro, direção de movimento, design de cena/cenário: Martha Ribeiro/ Assistência de direção e criação elementos de cena: Philippe Ariel/ Assistência de Direção de Arte: Gabi Bandeira / coreografia bailarina e operação de luz: Thiago Piquet / Trilha original: Nathan There / Graffite: Luiz Carlos Carvalho / Iluminação: João Franco / Direção de criação, fotografia e tratamento de imagem para a comunicação e divulgação: Isadora Marzano / Coordenação de Produção: Geovana Araujo Marques / Produção Musical e Operador de Som: Diego Paiva / Produção Executiva e Contrarregragem: Helena Damin. Performers: Amanda Calabria, Carlos Oliveira, Davi Pontes, Danuza Formentini, Gabriel Ferri, Gabriel Henriques Torres, Joana Caetano, Karla Abreu, Nathalia Cantarino, Nathan There, Philippe Ariel, Thati Verthein/ Bernardo Batista e Mika Makino / 

SOBRE O FESTIVAL

O Quadrienal de Praga é o mais antigo e prestigiado evento mundial na área de Cenografia, abarcando os melhores trabalhos realizados nos últimos quatro anos, sendo mais de 50 países envolvidos, com 5.000 participantes (entre profissionais e estudantes) e mais de 30.000 visitantes. Realizado a cada quatro anos, o festival já contou com a participação de figuras icônicas como os brasileiros Oscar Niemeyer e Grupo Teatro da Vertigem, além de outros grandes artistas, como Salvador Dalí, Bob Wilson (encenador teatral) e Josef Svoboda (cenógrafo). Em paralelo às Mostras Internacional e Competitiva, o Quadrienal conta com o SpaceLab, mostra estudantil de produtos e processos artísticos desenvolvidos por Universidades e Escolas de Teatro e Performance de todo o mundo. O principal objetivo da Mostra é “iniciar a interação experimental internacional e intercâmbio de pessoas entre academias de teatro e artes visuais”. Mais informações em: www.pq.cz/en/program/zlomvaz-festival Não são oferecidas passagens, hospedagem, ou qualquer outro tipo de apoio aos grupos que participarão do SpaceLab - Zlomvaz Festival. Para viabilizar a participação do Grupo neste importante evento da área da Performance e Artes Visuais, contamos com o apoio de todos para custear despesas em diárias e alimentação do grupo.*Os valores apresentados (especialmente os de passagens e transporte de materiais de cena) estão sujeitos a alterações condizentes a cotações de moedas e preços do mercado. Thumb sem t tulo
Encerrada
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2022