Ajude a manter Cláudia sorrindo

ID da vaquinha: 169152
Ajude a manter Cláudia sorrindo
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 3.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Cláudia Margheri Remonti é uma mulher batalhadora, que sempre foi o esteio de uma família de cinco filhos.  Ela enfrentou muitas dificuldades ao longo da vida, em especial financeiras, mas manteve a garra, a disposição e o otimismo, animando a todos que estavam à sua volta, com palavras de encorajamento e carinho. Sempre mostrou que, mesmo com poucos recursos, era possível ser feliz e ter uma vida plena e digna.

O sorriso no rosto sempre foi sua marca registrada. É uma pessoa extremamente alegre, ao lado de quem você sente vontade de estar, pela constante energia positiva e animação. Sabe aquele dia em que você se sente pra baixo e nada parece animá-lo? Bastava ir até a casa da Cláudia para mudar esse estado de espírito e sair de lá gargalhando. Ela sempre contava uma história engraçada ou fazia algo para ver você voltar a sorrir.

Em 2006, Cláudia perdeu um de seus filhos na flor da juventude, com apenas 18 anos, o Serginho, conhecido carinhosamente na família como Mimi. Ele foi brutalmente assassinado. Ela, que ama absurdamente todos os seus filhos, com aquele tipo de amor que não tem vergonha de ser demonstrado com palavras, beijos, abraços e muitos "eu te amo", sofreu demais, sofreu muito. Aquele sorriso sempre presente no rosto de Cláudia ficou por um bom tempo sumido. E foi exatamente depois desse episódio que alguns sintomas estranhos que ela começava a experimentar um tempo antes (de repente ela estava andando e caia, sem sentir uma das pernas) começaram a se intensificar.

Após passar por diversos médicos, veio o terrível diagnóstico: ESCLEROSE MÚLTIPLA. Era mais uma facada no coração de Cláudia.

Ela começou a fazer o tratamento, muito caro e difícil, e aos poucos voltou a sorrir e a ter a animação que lhe é característica, claro que sem nunca esquecer de seu filho.

Só que a esclerose múltipla é uma doença muito ingrata. Aos poucos, Cláudia foi parando de andar. Parte a parte do seu corpo foi sendo comprometida e hoje ela chegou a uma fase crítica, em que só consegue se locomover, quando alguém a coloca numa cadeira de rodas.

Claudia precisa de ajuda financeira para conseguir  e a família não possui esse dinheiro, sente muitas dores e passa quase todo o tempo na cama, precisando de fisioterapia e remédios. Seus sorrisos gostosos e contagiantes voltaram a ser cada vez menos frequentes. Você pode ajudar Cláudia voltar a sorrir, doando R$ 10,00.

Ajude! Dez reais representam pouco no nosso orçamento mensal.

Tenha esse gesto de amor e compaixão! 

DADOS BANCÁRIOS PARA O DEPÓSITO:

BANCO ITAÚ

AGÊNCIA: 8848

CC: 23283-4

CPF: 40638511844

EM NOME DE FERNANDA REMONTI

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2022