Ajude a cadela Bhumi a se curar!

ID da vaquinha: 41999
Ajude a cadela Bhumi a se curar!
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 840,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Viemos pedir ajuda para a divulgação do caso dessa cadelinha pitbull. A encontramos abandonada num quintal de uma casa vazia próxima a um terreno baldio, presa atrás de um portão, ela estava chorando, descuidada e com muita fome. Acolhemos ela no sábado de carnaval, dia 6/02, alimentamos, demos banho e muito amor, ela é uma cachorra muito dócil e obediente e que nos trouxe muita alegria, demos o nome a ela de Bhumi (significa Terra). Em poucas horas de carinho ela já estava balançando o rabinho de alegria! Na (quarta-feira de cinzas) a levamos ao veterinário e através de um exame rápido deu leishmaniose (* saiba mais no final da mensagem), mas não está avançada e ainda vamos fazer um exame mais profundo que o resultado vem em 10 dias. A veterinária disse que há tratamento e controle da doença, passou vários remédios e algumas vacinas. Acreditamos que esse tratamento pode trazer a cura, dar longevidade e qualidade de vida pra essa linda cadelinha, que só tem 1 ano e meio de vida. Só as vacinas custarão 840,00. E os remédios 400 reais. Conseguimos para a consulta e exames o valor de 200,00 reais que já foram investidos. Porém, não temos condições financeiras para arcar com todas as despesas do tratamento, que é muito caro. Estamos realizando essa campanha, doando nosso tempo, disposição e recursos possíveis para a cura da Bhumi, pois acreditamos que isso é possível através do amor, da união e da compaixão de todos. Ficamos assustados com esse diagnóstico, mas Deus é tão bom que encontramos um casal na sala de espera que nos animou bastante, pois eles cuidaram de um bull terrier que apresentou leishmaniose (depois de fazer todos os exames possíveis) e depois de 1 ano desse tratamento e muito amor ele se curou, pois seus donos fizeram novamente todos os exames recomendados e o resultado deu negativo para leishmaniose! O cão hoje está forte e sadio.Acredito que para Deus nada é impossível e que essa dócil cadelinha pode se curar sim, ter um lar e uma vida feliz, pois nenhum ser vivo merece o abandono. Eu e meu marido estamos cuidando da Bhumi com muito amor, mas precisamos da ajuda de todos vocês. Se você puder ajudar no tratamento da Bhumi com qualquer quantia, doando remédios, ração ou mesmo divulgando, agradecemos infinitamente por sua compaixão. Segue a lista de remédios, itens para doação e os contatos:ERITRÓSALCORT 20 mgDOXIFIN 200 mgALOPURINOL 100mgTRATDERM saboneteGLICOL PETIMUNOTERAPIA 3 DOSESCOLEIRA LEEVRE

Contato: (85) 98727 3050 (oi) ou (85) 997595166 (só whats) JulianaCAIXAAg. 668Operação: 013 (conta poupança)Conta: 3396-5Juliana Muniz Catunda

*** É importante esclarecer que leishmaniose é transmitida através do mosquito, ou seja, não é o cão que transmite a doença, É O MOSQUITO. Com os devidos cuidados e tratamento adequado, o cão poderá ter uma vida saudável e até mesmo eliminar a doença. A leishmaniose ou calazar é um problema de saúde pública e requer que o governo e a sociedade organizados combatam as situações que ajudam o mosquito a se proliferar. Procure se informar e ajude a combater o preconceito, pois, este mal (o preconceito) está levando muitas pessoas a abandonarem seus animais sem a menor responsabilidade e nem compaixão, como fizeram com essa linda cadelinha. (para saber mais sobre o calazar clique aqui: http://www.apasfa.org/quem/leishm.html

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021