Vaquinha / Outros / Dinheiro

Ajude a Belinha! - IRC

ID da vaquinha: 25351
Ajude a Belinha! - IRC
URL copiada!
17%
Arrecadado
R$ 250,00
de
Meta
R$ 1.500,00
Apoiadores
10
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
Amigos, a Bela é minha poodle e convive comigo há 11 anos. Sempre foi muito saudável, amorosa, brincalhona e feliz. Mas há cerca de três meses, isso mudou. Ela precisou fazer uma cirurgia de enucleação do globo ocular direito (retirada do olho), realizada dia 27/08. Felizmente, a cirurgia correu bem e ela se recuperou rapidamente. Mas, durante as consultas, o veterinário detectou alguns nódulos/massas irregulares no corpo dela, principalmente nas mamas. Como já estávamos tratando do olho (além dos custos com a cirurgia tivemos com alimentação especial, exames, antibiótico, colírios, anti-inflamatório e analgésico), foi preciso adiar a investigação do que poderia ser os nódulos. Após a cirurgia, a Bela parecia estar como antes. Ativa, brincalhona e se alimentando bem. No dia 30/09, a Bela começou apresentar um processo alérgico, e o olho esquerdo estava inchado. No dia 01/10, o inchaço no supercílio do olho esquerdo permaneceu, além do surgimento de vários inchaços em partes aleatórias do corpo (rosto, orelha, perna, coxa e tórax) e vermelhidão no corpo. Levamos ao mesmo veterinário e ele detectou que realmente era uma alergia e iniciamos o tratamento com Predinisona e Hidroxine. Suspeitamos que ela podia estar com alergia a grama, pois, antes de nos mudarmos para a atual casa ela não tinha contato com grama. Mesmo com os dois medicamentos e após cortarmos o contato com a grama, os inchaços praticamente não diminuíram. Por conta da coceira, a Bela ainda se machucou na coxa, supercílio e na perna (como podem ver nas fotos). Retornamos ao veterinário no dia 05/10 e, como não houve melhora com a Predinisona, já iniciou-se a suspeita de mastocitoma, por conta dos nódulos que surgiram de forma desuniforme no corpo. O mastocitoma causa a liberação de histamina por meio das células neoplásicas, por isso, os sintomas alérgicos. Iniciamos um novo tratamento com Rimadyl e Difenidranina. E aí começaram os problemas. A Bela começou a rejeitar a ração, mesmo trocando a marca, triturando, adicionando patê Pedigree. E justamente por isso, ela começou a vomitar a medicação. Fizemos um caldo com carne e pouco sal, e apenas assim, de duas em duas colheres de sopa, ela voltou a se alimentar. Mesmo assim, não foi o suficiente e ela perdeu 300g. Iniciamos a Ranitidina, dando 0,7ml há cada 12h, e mesmo assim, ela continuou rejeitando os medicamentos. UPDATE: A Bela foi internada na Clínica Casa do Criador no domingo, dia 11/10. Foi tratada com medicamentos injetáveis (antibióticos, antiemético e medicação para o estomago), além de ter realizado exame de sangue e ultrassom. Ela aparentou melhora nos nódulos e em seus ferimentos, mas não estava se alimentando. Por conta disso, a trouxemos para casa na terça, dia 13/10. Após conversar com o veterinário e analisar os exames, ele diagnosticou que a Bela está com Erliquiose, uma doença transmitida por carrapatos (dias antes, encontramos dois nela). Causa febre, vômitos, depressão, falta de apetite, anemia, dentre outros sintomas. Desde o dia 14/10, estamos tratando-a com Metronidazol, Doxifin, Ranitidina e Vonau, além de duas pomadas específicas para seus machucados e está sendo alimentada com comida caseira, feita especialmente para ela de acordo com o recomendado para cães e estamos dando com seringa, pois ela ainda não está se alimentando por vontade própria! :( UPDATE: No dia 16/10, a Bela apresentou uma melhora significativa. Começou a se alimentar por conta própria. Mas, no dia 17/10, domingo, ela começou a ter convulsões. Voltamos a clínica e iniciamos uma baixa dosagem de Gardenal. Por conta da melhora da alimentação, a ingestão de proteínas aumentou, como ela está com insuficiência renal, seus rins não conseguiram filtrar a creatinina e ureia do organismo e por isso, teve as convulsões. Ela teve uma melhora das convulsões com o Gardenal, mas, na quinta-feira, já amanheceu mais apática e sem querer comer. Foi feito o exame de sangue, e constatamos: seus níveis de ureia e creatinina estavam altíssimos. Decidimos por interna-la novamente na clínica, já que o soro faria com que seus rins funcionassem melhor e eliminasse as toxinas. Hoje, o exame foi refeito e o nível de ureia baixou. Iremos busca-la e trazer para casa, e iniciar a alimentação com a ração renal. Os novos custos, com internação, exames e a ração (que é bem cara!) foram altos. Por isso, sua ajuda é essencial! Para mais informações, meu WhatsApp é (34) 98402-9164 ou no telefone (34) 98876-6294.
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021