Solidariedade / Pessoas / Saúde / Caridade

Me ajude se puder por favor

ID da vaquinha: 932890
Me ajude se puder por favor
COMPARTILHE ESTA VAQUINHA
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 8.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens

Olá, meu nome é Rennan e tenho 18 anos de idade, moro em Caruaru -PE, uso óculos desde os três anos. O meu maior sonho é poder fazer a cirurgia para enxergar melhor, pois o meu grau é muito alto (15 no olho esquerdo e 10 no direito). meu outro grande sonho é ser policial, para servir e proteger a sociedade, mas para isso não posso ter um grau tão elevado quanto o meu e por isso preciso muito fazer a cirurgia. Infelizmente não tenho condições de pagar, então por meio dessa vaquinha venho pedir a vocês para que me ajudem a reliazar esses dois e grandiosos sonhos que tenho almejado há anos.

 

 

Descrição da cirurgia: 

Entendendo melhor sobre Cirurgia Refrativa

A Cirurgia Refrativa é um procedimento a laser que mexe na curvatura da córnea, modelando seu formato de maneira a corrigir os principais erros refrativos.

São eles:

  • Miopia: é a dificuldade em enxergar de longe
  • Hipermetropia: dificuldade em enxergar de perto
  • Astigmatismo: dificuldade em enxergar de ambos os jeitos, longe e perto.

Classificação de grau

Para cada um destes erros, existe uma escala de graus que uma pessoa pode ter:

  • Grau baixo: 0 a 3 graus
  • Grau moderado: de 3 a 6 graus
  • Grau Alto: mais de 6 graus.

Mas, se você se pergunta: “Como saber se meu grau é alto?” temos certeza que podemos te ajudar com isso, pois além de entender essa classificação, existem outros fatores a levar em consideração.

Esse artigo pode ajudar a esclarecer todas as suas dúvidas, então não deixe de acessar.

Como dito no início, existem alguns critérios para se fazer a cirurgia refrativa.

Antes de tudo, é necessário que todos os passos sejam orientados por um Oftalmologista de confiança.

Não se baseie em fontes não-confiáveis e não faça exames de vista grátis, pois a maioria desse serviço oferece a famosa “venda casada”.

Uma prática proibida pelo Código de Defesa do Consumidor e pelo PROCON, além de não oferecer um teste 100% confiável como o realizado na clínica com o médico especialista.

Recomendações para fazer o procedimento

A Cirurgia Refrativa é recomendada para:

  • Maiores de 21 anos
  • Quem quer diminuir a dependência de óculos ou lentes de contato
  • Tenha o grau já estabilizado
  • Pessoas que não possuem NENHUM tipo de doença ocular
  • Pessoas que possuem algum problema de refração (miopia, hipermetropia ou astigmatismo).

Entretanto, como toda a cirurgia, a Refrativa tem seus prós e contras.

Quem passa pelo procedimento precisa, necessariamente, aceitar os riscos envolvidos e os efeitos colaterais que podem ocorrer.

A cirurgia, em si, não tem um histórico de ser perigosa ou de ter riscos preocupantes.

Os principais efeitos já relatados foram olho seco e o descolamento da camada da córnea que é modificada na cirurgia, mas ambos os efeitos possuem tratamento.

Além disso, outro ponto de alerta é que, mesmo realizando a cirurgia, você ainda pode precisar utilizar óculos ou lentes de contato para melhor resultado e aproveitamento da sua visão.

Por esse motivo, para identificar qual o melhor tipo procedimento recomendado para você e seu grau é importante o acompanhamento de um Oftalmologista.

Cirurgias refrativas: Lasik, PRK e Lasek

Existem três tipos de Cirurgia Refrativa: a Lasik, a PRK e a Lasek.

Vamos te explicar em detalhes agora a diferença entre cada um deles. Olha só:

Lasik

É a aplicação do laser na camada mais interna da córnea, que modifica seu formato para tentar “consertar” a visão.

Basicamente, ela corta um pedacinho da córnea para facilitar a correção.

É indicado para pacientes que tenham miopia de 4 a 9 graus, dependendo da curvatura e da espessura da córnea.

É um procedimento de pós-operatório prático, que não necessita de curativos ou pontos, apenas alguns medicamentos e descanso do paciente.

Veja na imagem abaixo como é o procedimento da cirurgia Lasik.

Cirurgia refrativa

Procedimento LASIK. Fonte: Clínica Tércio Rezende

PRK

Ou Ceratectomia Fotorrefrativa, é um procedimento mais antigo. Surgiu antes da Lasik, mas ainda assim é utilizado em alguns casos, conforme necessidade.

Trata miopia, hipermetropia e astigmatismo, e é bem parecida com a Lasik, mas ao invés de cortar um pedaço da córnea, a PRK raspa este mesmo pedaço.

Entretanto, se você fizer uma PRK, deve se preparar para o pós-operatório: o paciente usa uma lente de contato terapêutica na superfície da córnea, para ajudar na cicatrização e aliviar dores e desconfortos que aparecem nos primeiros dias após a cirurgia.

Lentes com todos os tratamentos inclusos. Sem pagar nada a mais por isso ❤

 

VER AGORA

Na imagem a seguir, veja como é o procedimento da cirurgia PRK.

Procedimento da cirurgia PRK. Fonte: Clínica de Olhos Roisman

Lasek

Ao invés de cortar ou raspar a cavidade da córnea, na Lasek o médico “cria” esse pedacinho da cavidade.

O médico utiliza uma solução de álcool que faz o tecido se soltar, enquanto o laser entra para remodelar a córnea.

Mas o pós operatório é semelhante ao da PRK: as mesmas lentes de contato terapêuticas, os mesmos desconfortos nos primeiros dias, e a necessidade de repouso absoluto e bloqueio da luz direta nos olhos.

O que os médicos dizem sobre Cirurgia Refrativa

Antigamente, a Cirurgia Refrativa já dividiu opiniões. Era um procedimento novo, sem tantas opções de segurança, recursos e pós-operatório.

Entretanto, hoje em dia, a tecnologia mudou, possibilitando segurança e tranquilidade para a realização destes procedimentos.

Além disso, os médicos defendem o uso da cirurgia especialmente para quem tem alto grau.

Principalmente pessoas que, por esse motivo, já possuem certo grau de esclerose nos cristalinos dos olhos, e portanto necessitam de cirurgia.

Alguns médicos também defendem que é um procedimento mais indicado para pessoas mais velhas.

Entretanto, algumas regras são sempre válidas.

Como: deve-se ter mais de 21 anos, utilizar alto grau, e consultar um Oftalmologista para identificar a necessidade ou não de cirurgia.

Aliás, muito importante saber as opções de cirurgias disponíveis para o seu problema de visão.

AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021