Ajuda para minha pesquisa.

ID da vaquinha: 80745
Ajuda para minha pesquisa.
URL copiada!
0%
Arrecadado
R$ 0,00
de
Meta
R$ 10.000,00
Apoiadores
0
  • Sobre
  • Novidades
  • Quem ajudou
  • Mensagens
A saúde mental aqui no Brasil ainda é muito desprovida de atenção, cuidados e boa qualidade nos serviços prestados. A infra estrutura é precária. Queria ter o prazer de ter acesso aos hospitais públicos do Brasil, nos outros Estados e Municípios, fora do Rio de Janeiro, onde eu consiga dados, fotos, material de estudo, relatos dos pacientes sobre a vivência deles no hospital, o lado bom e ruim de estar ali dentro e poder trazer isso para o meu trabalho.Aqui, tive a oportunidade de conhecer o Pine, hospital de grande nome e referência no tratamento de transtornos psiquiátricos no Rio de Janeiro. Localizado no bairro da Urca, zona sul da cidade, o hospital possui atendimento profissional excelente, porém, sua estrutura física é precária e não existe investimento por parte do governo (Pinel é público) para dar um pouco mais de conforto e dignidade aos pacientes que lá se tratam e/ou residem. Além deste, pude conhecer de perto o Hospital Pedro II, do Engenho de Dentro, onde fica o Museu do Inconsciente, museu que foi fundado pela em nome da Dra Nise da Silveira. Local maravilhoso para ser visitado, e para conhecer as obras de artes perfeitas que são feitas pelos pacientes psiquiátricos. Nise foi uma  médica, que lutou sozinha contra os métodos usados nos manicômios, como por exemplo: os eletrochoques como forma de terapia, ela não aceitava essa agressão e enfrentou muitos preconceitos da época, até mesmo por ser a única mulher. Nise através da arte terapia com seus pacientes, teve efeitos surpreendentes e benéficos, que são até hoje utilizados.Estou prestes a me formar em Psicologia e pretendo me especializar na área de Saúde Mental, Dependência Química, e clínica, mas minha maior dificuldade são os estágios, pois os mesmos não são remunerados, mesmo assim faço sem qualquer ajuda.Alguns profissionais, já perderam no tempo ou com a frieza o amor e a empatia pelos pacientes, sem qualquer tipo de respeito. Isso é triste demais.Independente desse cenário complicado, sinto que posso - e devo - fazer algo de bom e relevante pela saúde mental no Brasil. Para tal, necessito conhecer e me aprofundar nos estudos por outros hospitais do país, o que demanda um custo financeiro alto para minhas condições. Por isso peço ajuda de todos que se identificam com a causa. ObrigadaLembrando que a saúde mental, ela não escolhe, classe social, ela acontece em qualquer família, seja as mais ricas ou as mais pobres. E não adianta ter bons teóricos, que saibam muito mas amem pouco. Eu sei, quero saber mais e mais e amo demais essa área e que ao meu ver, merece todo meu respeito, carinho e atenção, enquanto eu estiver servindo com o meu trabalho.Essa é minha missão.Esse será o meu dever para cumprir.Conto com vocês.  
AVISO LEGAL: O texto e as imagens incluídos nessa página são de única e exclusiva responsabilidade do criador da vaquinha e não representam a opinião ou endosso da plataforma Vakinha.

Todos os direitos reservados. 2021